Skip to main content
Capa
Nº 2178 | 30 Dezembro 2022
Edição nº 2178
Ver PDF
Disponível para assinantes
Notícias
Fórum
2023, ano de “luzes e sombras” para os CEO em Portugal
2023, ano de “luzes e sombras” para os CEO em Portugal
“Incerteza” e “desafio” foram as palavras mais usadas pelos CEO de algumas das mais relevantes empresas nacionais para caracterizar o ano de 2023. Para enfrentar aquele que é já considerado o “annus horribilis”, não falta a esperança.
Economia
Próximo ano será marcado pelo ajustamento dos preços
Próximo ano será marcado pelo ajustamento dos preços
Especialistas afastam um cenário de crise no sector semelhante ao de 2008, dado que os bancos estão mais preparados para lidar com os incumprimentos e os valores das rendas vão dar algum suporte aos preços de venda.
Crescimento surpreendeu em 2022, mas dificuldades acumulam-se no próximo ano
Crescimento surpreendeu em 2022, mas dificuldades acumulam-se no próximo ano
Uma recuperação mais lenta do que no resto da Europa impulsionou o crescimento este ano, mas a subida de preços, custos e juros coloca fortes desafios à economia nacional em 2023. Acelerar fundos europeus será uma prioridade.
Inflação voltou em força e acabou com era do dinheiro barato
Inflação voltou em força e acabou com era do dinheiro barato
Os juros de referência subiram na esmagadora maioria das economias avançadas e o processo está longe de concluído. Sinais recentes dos bancos centrais são de mais aperto, mas pico deve chegar em 2023.
Política
Em 2023 António Costa vai continuar a rir-se do PSD
Em 2023 António Costa vai continuar a rir-se do PSD
Os polítologos contactados pelo JE não acreditam que, no ano que agora vai começar, haja mudanças na postura do Governo, mas recomendam ao PSD que altere abordagem.
Mercados
FAAMG têm annus horribilis
FAAMG têm annus horribilis
A falta de liquidez e o aumento dos juros penalizaram ainda mais as grande tecnológicas norte-americanas esta semana.
Inflação alta, juros a subir e recessão a fazer efeito
Inflação alta, juros a subir e recessão a fazer efeito
Inflação ainda elevada, bancos centrais a manterem as subidas das taxas de juro, travagem da economia e aumento dos custos de financiamento a impactar famílias e empresas, com recessão à espreita: assim vai ser 2023.
Perspetiva
Contratações e nova sede na origem da saída de Alexandra Reis
Contratações e nova sede na origem da saída de Alexandra Reis
Alexandra Reis chocava com a CEO da TAP, muitas vezes sozinha, nas reuniões da Comissão Executiva. Antigo acionista privado Humberto Pedrosa diz que era “excelente profissional”. “Fiquei surpreendido”, diz.
Mundo
Quase a entrar no segundo ano, não há certezas sobre a guerra
Quase a entrar no segundo ano, não há certezas sobre a guerra
As conversações para a paz ainda são uma quimera, num contexto em que não se sabe quem sairá vitorioso da invasão e como será a relação pós-conflito da Rússia com o mundo em geral e com a União Europeia em particular.
Lusofonia em 2023: entre novo ciclo eleitoral e a necessidade de consolidar as democracias
Lusofonia em 2023: entre novo ciclo eleitoral e a necessidade de consolidar as democracias
O próximo ano será marcado por atos eleitorais em vários países de língua oficial portuguesa, mas a possibilidade de adiamento desses escrutínios em vários deles coloca dúvidas sobre a qualidade das democracias ali implantadas. Entretanto, os olhos do mundo estão fixados no Brasil.
Empresas
Efacec, Novobanco, Vic e TAP na lista das operações de M&A para 2023
Efacec, Novobanco, Vic e TAP na lista das operações de M&A para 2023
O ambiente de incerteza e o contexto macroeconómico são propícios a movimentos de fusões e aquisições (M&A) para ganhar dimensão e conquistar mercados. Veja que negócios podem acontecer em 2023, alguns de grande dimensão.
Descarbonização no centro das atenções em 2023
Descarbonização no centro das atenções em 2023
Para o ano que agora começa, antevê-se igualmente um maior foco no mercado das licenças de carbono, o aprofundamento da agenda da diversidade e inclusão, bem como avanços na governance.
Bancos esperam subida dos custos em 2023
Bancos esperam subida dos custos em 2023
Mais imparidades, custos operacionais mais altos devido à inflação, custos salariais a crescerem, subida do custo do passivo (depósitos) devido ao aumento das taxas de juro e custos de financiamento a subirem. É este o cenário que a banca antevê para 2023.
Só 15% das perdas com as cheias estão cobertas pelos seguros
Só 15% das perdas com as cheias estão cobertas pelos seguros
Opresidente da APS alerta para a necessidade de haver mais seguros com cobertura para fenómenos naturais, dada a maior frequência destes eventos. Para 2023, a incerteza deverá dominar a economia e o sector segurador.
Advisory
Advogados estão “realistas” para 2023 e aguardam negócios nas infraestruturas
Advogados estão “realistas” para 2023 e aguardam negócios nas infraestruturas
Os líderes das sociedades também preveem que os clientes mantenham os investimentos em empresas e ativos relacionados com sustentabilidade ambiental, social e corporativa durante o próximo ano.
Universidades & Emprego
Ano incerto arranca com certezas no ensino superior
Ano incerto arranca com certezas no ensino superior
Antecipação na data das colocações do concurso do ensino superior, revisão do RJIES e definição de um Regime de Carreira Docente no Ensino Superior Privado são novidades prometidas pela ministra Elvira Fortunato para 2023.
Última
Empresários apelam a estabilidade, depois de mais uma demissão no Governo de Costa
Empresários apelam a estabilidade, depois de mais uma demissão no Governo de Costa
Em nove meses, dez demissões. A última foi a do ministro Pedro Nuno Santos, e o Iniciativa Liberal já anunciou que vai apresentar uma moção de censura ao Governo. Empresários pedem estabilidade, num “momento desafiante”.