Skip to main content
Mundo
Notícias
Protestos na China “não têm dimensão de revolta política”
Os protestos face à política Covid zero na China chegaram a assumir alguma violência, mas os analistas não conseguem descobrir em Guangzhou qualquer sintoma da morte iminente do regime de Xi Jinping. ANATO manteve um olhar atento ao país asiático.
Ucrânia à espera do inverno e dos mísseis norte-americanos Patriot
ANATO não parece disposta a enviar os mísseis para a Ucrânia, e a Rússia já avisou que, se isso acontecer, tirará as devidas ilações.
Estados-membros testam fim dos acordos por unanimidade
A maioria qualificada pode substituir a unanimidade. Portugal, segundo a Secretaria de Estado liderada por Tiago Antunes diz que Portugal está aberto ao debate, mas não em relação a todas as matérias. E traça as linhas vermelhas.
Joe Biden arrisca teto para o preço do petróleo russo
A decisão não conseguiu consenso na União Europeia. Moscovo adverte que pode ser o primeiro passo para uma crise petrolífera sem precedentes. Com a Ucrânia às escuras e com frio, o Kremlin acha que a NATO já está a combater a Rússia.
Uma bomba anónima caiu entre Przewodow e Bali
A cimeira das 20 maiores economias do mundo ficou marcada pela queda de um míssil na Polónia, cuja proveniência continua estranhamente incerta. Na declaração final, ficava claro que nem todos os presentes tinham as mesmas opiniões sobre o que se passa na Ucrânia.
Reino Unido com um orçamento de guerra nos próximos dois anos
O novo governo nem sequer tentou disfarçar:os próximos dois anos serão de asteridade severa. Para todos sem exceção. A receita de Jeremy Hunt e Rishi Sunak é um tratado de crueza orçamental.
Ver mais
Aguarde