Skip to main content
Mundo
Notícias
Inflação passa a inimigo nº1 da Reserva Federal norte-americana
Jerome Powell vai mesmo fazer um segundo mandato de quatro anos à frente do banco central, apesar das reservas de alguns democratas. E a prioridade é aumentar as taxas de juro para vergar a inflação, o que de qualquer modo não deverá acontecer antes do segundo semestre.
Encontro entre a Rússia e os Estados Unidos não resolveu impasse na fronteira ucraniana
A recusa de Donald Trump em manter os Estados Unidos no interior do Acordo INF marcou o começo da crise. Moscovo diz que a segurança da União Europeia depressa ficará em causa.
Eleições italianas sob o signo de Mario Draghi
O ex-governador do Banco Central Europeu vacila entre a chefia do governo e a chefia da nação e condiciona todas as escolhas para as eleições presidenciais, no final do mês. Aos 85 anos, Silvio Berlusconi já disse que vai concorrer.
Alemanha mostra abertura para o alívio das regras de estabilidade
O novo ministro das Finanças considera que o investimento deve ser o veículo de crescimento da receita quando a pandemia passar. Alteração das regras do PEC não parecem estar no seu horizonte.
UNITA aposta nas presidenciais contra a hegemonia do MPLA
Apesar das dificuldades na frente económica, o FMI mostra manter confiança na capacidade de o país enveredar pelo desenvolvimento. E a ‘limpeza’ da corrupção é um trunfo para João Lourenço.
Principal dúvida das eleições é a participação de Bolsonaro
Falta quase um ano, mas Lula da Silva surge em todas as sondagens como o mais que provável futuro presidente. O incumbente pode não estar disponível para a humilhação de perder para um ex-presidiário.
Ver mais
Aguarde