Skip to main content
Capa
Nº 1964 | 23 Novembro 2018
Suplementos
Notícias
Perspetiva
Oakvest admite impugnar venda da Comporta
Oakvest admite impugnar venda da Comporta
Rogério Alves, advogado da Oakvest, diz ao JE que o que a assembleia [de 27 de julho] fez foi revogar a escolha da Gesfimo e que “essa deliberação é nula”.
Primeira Mão
Na corrida para o futuro, falta saldar as dívidas do passado
Na corrida para o futuro, falta saldar as dívidas do passado
O efeito cambial e as dificuldades da economia angolana poderão atrasar o pagamento das dívidas de Luanda às construtoras portuguesas. No primeiro dia da visita, o tema ficou de fora dos discursos.
João Lourenço   garante a Marcelo que já “não existem rancores”
João Lourenço garante a Marcelo que já “não existem rancores”
A transferência do processo de Manuel Vicente, que em Portugal foi acusado de corrupção ativa e branqueamento de capitais, fez desaparecer o chamado “irritante” entre Portugal e Angola. A decisão de levar o ex-vice-presidente de Angola, Manuel Vicente, a ser julgado no seu país voltou a ser aplaudida, agora em Lisboa, pelo presidente angolano.
Economia & Política
Uma construtora e três quadros da Parque Escolar arguidos por suspeitas de ‘luvas’
Uma construtora e três quadros da Parque Escolar arguidos por suspeitas de ‘luvas’
Arquidos recebiam ‘luvas’ de empreiteiros para adjudicar serviços e manutenção de escolas. Contrapartidas incluem carros, dinheiro e imóveis.
“O Estado foi assaltado com a complacência de alguns reguladores”
“O Estado foi assaltado com a complacência de alguns reguladores”
Antigo administrador da ERSE, Ascenso Simões acaba de publicar um livro intitulado “Regulação e Supervisão em Portugal”. Descreve um cenário de arcaísmos, disfunções, vazios e impreparações. “Toda a regulação deve ser repensada”, sublinha.
Venda da posição da Sonangol na Galp em marcha
Venda da posição da Sonangol na Galp em marcha
Bastou João Lourenço ter confirmado que a Sonangol quer sair do capital da Galp e já há bancos de investimento com advogados a procurar compradores. A chinesa Sinopec surge na lista das mais interessadas. Já a saída do BCP e da Efacec está mais longe.
Mundo
Brexit: uma cimeira sobre o fator tempo
Brexit: uma cimeira sobre o fator tempo
“O acordo é dramático para o Reino Unido”, diz Francisco Seixas da Costa, para quem os 27 Estados-membros já não têm mais nada a oferecer aos britânicos.
Exército europeu (ainda) é um conceito pouco atrativo
Exército europeu (ainda) é um conceito pouco atrativo
Aos poucos, os Estados-membros acabarão por aceitar a ideia de que a Europa não pode depender, em termos militares, de terceiros. E quando isso acontecer, um exército comum é a única saída financeiramente possível.
Empresas
Eleições da associação Montepio: três perguntas a três candidatos
Eleições da associação Montepio: três perguntas a três candidatos
Numa altura em que se disputa o lugar de presidente da Associação Mutualista Montepio para um novo mandato, o JE foi questionar os candidatos sobre temas core.
“O nosso ‘software’ adapta-se às empresas e não o contrário”
“O nosso ‘software’ adapta-se às empresas e não o contrário”
29 anos depois de ter sido fundada por dois universitários, a tecnológica portuguesa está em cinco países, com seis escritórios e 180 colaboradores.
“Temos que ter até 40% das vendas ‘online’ em cinco a dez anos”
“Temos que ter até 40% das vendas ‘online’ em cinco a dez anos”
O futuro da venda de brinquedos passa pelo ‘e-commerce’ e a Science4you quer tocar o sino da Bolsa de Lisboa para poder “fazer parte dessa onda”, sublinha o fundador e CEO_da empresa.
“Vai mas é vender brinquedos”
“Vai mas é vender brinquedos”
Miguel Pina Martins recorda a pressão que sentiu quando, aos 20 anos, deixou uma carreira na banca para criar a Science4you.
Amorim quer vender posição no Banco Carregosa
Amorim quer vender posição no Banco Carregosa
O Banco Carregosa está à venda porque o Grupo Amorim quer alienar a sua posição de 10%.
Ribeiro Mendes pede a PwC reforço do controlo das eleições
Ribeiro Mendes pede a PwC reforço do controlo das eleições
Candidato à liderança da Associação Mutualista nas próximas eleições de 7 de dezembro pediu a auditora para controlar qualidade dos votos. E alerta: falta de transparência pode levar a procedimentos judiciais.
CGD já iniciou venda do banco no Brasil
CGD já iniciou venda do banco no Brasil
A venda do Banco Caixa Geral Brasil foi lançada este mês, disse fonte ao JE, e a CGD vai fazer convites a interessados até ao fim do ano.
“Os custos com a regulação colocam pressão nos preços”
“Os custos com a regulação colocam pressão nos preços”
João Epifânio diz que “pressão regulatória” tem sido excessiva, dificulta o investimento e prejudica clientes. Meo quer ser líder em todos os segmentos.
Inside quer levar Portugal para um patamar de “qualidade e alternativa diferenciadora”
Inside quer levar Portugal para um patamar de “qualidade e alternativa diferenciadora”
Marcarão presença nesta conferência internacional um conjunto diverso de reconhecidos ‘players’ nacionais e internacionais, dos setores relevantes na evolução e crescimento do setor do turismo em Portugal, e particularmente na cidade de Lisboa.
Especialistas discutem futuro da sociedade
Especialistas discutem futuro da sociedade
A 2ª edição do Lisboa Financial Fórum promove debate sobre criação de valor acrescentado com salários mais altos.
Setor metalúrgico vai exportar 19 mil milhões em 2018
Setor metalúrgico vai exportar 19 mil milhões em 2018
Os principais mercados externos clientes desta fileira são Espanha, Alemanha, França e Estados Unidos. A falta de pessoal qualificado é um problema.
Mercados & Finanças
A ‘maçã’ ficou mais vermelha, mas o alarme pode ter sido falso
A ‘maçã’ ficou mais vermelha, mas o alarme pode ter sido falso
A Apple entrou em ‘bear market’ e as tecnológicas assustaram os investidores, mas os analistas dizem que ainda não é uma viragem de ciclo.
Advisory
“Atrasos judiciais custam fortunas aos contribuintes”
“Atrasos judiciais custam fortunas aos contribuintes”
Existe um centro de arbitragem que consegue resolver um problema com o fisco em apenas quatro meses e meio. O presidente, Nuno Villa-Lobos, explica como funciona este pólo de resolução de conflitos.
Desporto
“Quero mudar as peças do xadrez”
“Quero mudar as peças do xadrez”
O português é o único na corrida eleitoral para suceder ao venezuelano Vito Ippolito, no mais alto cargo da modalidade. Jorge Pessanha Viegas garante: “Vou ter uma gestão muito diferente”.
Última
Carlos Alves entra no Montepio no próximo mês
Carlos Alves entra no Montepio no próximo mês
O nome proposto por Carlos Tavares para presidente do Comité de Risco da Caixa Económica Montepio Geral, Carlos Alves, está a caminho de assumir funções de administrador, disse ao Jornal Económico fonte do banco.
Conflito em Setúbal pode alastrar aos outros portos
Conflito em Setúbal pode alastrar aos outros portos
A tensão que se vive há semanas entre os operadores e os estivadores no porto de Setúbal e que teve ontem o seu ponto máximo, com a intervenção de forças policiais, pode vir a replicar-se em Leixões.