Skip to main content
Capa
Nº 72 | 08 Junho 2018
Notícias
Especial Mundial 2018
Portugal parte da quarta linha; Brasil e Alemanha favoritos
Portugal parte da quarta linha; Brasil e Alemanha favoritos
Portugal campeão mundial de futebol é um cenário extremamente difícil. Com franqueza, em 2006, já com Ronaldo e ainda Figo e Deco, as probabilidades eram, à partida, maiores.
“Ainda temos margem para melhorar”
“Ainda temos margem para melhorar”
“São dez os jogadores que não estiveram no Euro’2016 e isso é absolutamente normal. Todas as seleções do mundo são, por natureza, voláteis no que diz respeito aos jogadores convocados. Sempre disse que, comigo, a seleção não teria lugares cativos”
Em 2018, a festa do futebol é na Rússia
Em 2018, a festa do futebol é na Rússia
A cada quatro anos os melhores dos melhores reúnem-se numa competição ímpar para discutir qual é a melhor seleção do mundo. Na sua sétima participação num Mundial, Portugal vai à luta com o melhor do mundo
Um Mundial à parte: marcas exibem milhões na Rússia
Um Mundial à parte: marcas exibem milhões na Rússia
“Trata-se de visibilidade e, simultaneamente, uma associação de marcas e valores”, diz especialista em marketing desportivo. Cristiano Ronaldo, Messi e Neymar são os grandes casos da interdependência das marcas e do futebol.
Como idealizar o futuro dos Mundiais sem vender a alma do futebol?
Como idealizar o futuro dos Mundiais sem vender a alma do futebol?
A FIFA está numa encruzilhada e já equaciona antecipar o alargamento para 48 seleções no já de si polémico Mundial do Qatar em 2022. Futuro dos Mundiais é uma incógnita mas deverá seguir uma regra: agradar a todos.
Seleção nacional gera  dois mil milhões em seis anos
Seleção nacional gera dois mil milhões em seis anos
A participação de Portugal no Mundial da Rússia terá um impacto superior a 300 milhões na economia nacional. Setor da restauração é o que mais beneficia.
Et Cetera
Coreia do Norte: Dentro do país mais fechado do mundo
Coreia do Norte: Dentro do país mais fechado do mundo
O embaixador José Manuel Duarte , o escritor José Luís Peixoto e o atleta Álvaro Leite foram dos poucos portugueses que entraram na Coreia do Norte e recordam ao Jornal Económico o que viram no país mais hermético do mundo.
O futuro: Democracia em tempos de ciberespaço
O futuro: Democracia em tempos de ciberespaço
Com as suas potencialidades e ameaças associadas, a internet mudou os processos democráticos. E atualmente? Numa altura em que palavras como cibersegurança, ciberterrorismo ou e-democracia já entraram no nosso léxico, que riscos enfrentam as democracias atuais?
Quinta do Monte d’Oiro: Família Bento dos Santos aumenta produção e aposta no enoturismo
Quinta do Monte d’Oiro: Família Bento dos Santos aumenta produção e aposta no enoturismo
A Quinta do Monte d’Oiro vai passar de uma produção de 80 mil para 100 mil garrafas anuais nos próximos dois anos. A empresa criada há cerca de 30 anos por José Bento dos Santos vai também apostar no enoturismo com um projeto com a assinatura do ‘chef’ José Avillez. O CEO explica os desafios.
5 Sentidos
ZOE de carregamento rápido. O mundo mudou
ZOE de carregamento rápido. O mundo mudou
O mundo já mudou e alguns condutores nem sequer deram por isso. Quando a ideia é comprar um carro eletrificado, a pergunta pertinente é a autonomia.
A longa viagem de Garcia Mendes: Uma portuguesa na história
A longa viagem de Garcia Mendes: Uma portuguesa na história
Foi ao estudar uma célebre família de banqueiros alemães, os Fugger, que Marianna Birnbaum descobriu Gracia Mendes Nasi, viúva abastada de origem portuguesa que viveu no século XVI.
Daesh:  A casa de todos os horrores
Daesh: A casa de todos os horrores
Jornalista em quase todos os cenários de guerra nas últimas três décadas, Paulo Moura deteve-se desta vez no fim, ou naquilo que parece ser o anúncio do fim do Daesh.
Tyto Alba edições limitadas: Duas novidades  da Lezíria
Tyto Alba edições limitadas: Duas novidades da Lezíria
Asobejamente conhecida Companhia das Lezírias decidiu voltar a dar provas da sua inovação e capacidade de surpreender o mercado.
Exposição Escher prolongada: O homem que desenhou  a matemática
Exposição Escher prolongada: O homem que desenhou a matemática
Exposição“Escher” em Lisboa, a primeira grande retrospetiva em Portugal dedicada ao génio holandês, que criou obras únicas e fascinantes de arte que exploram e apresentam uma grande variedade de ideias matemáticas, e que está hospedada no Museu de Arte Popular desde 24 de novembro, foi prolongada até 16 de setembro de 2018.