Skip to main content
Capa
Nº 274 | 20 Maio 2022
Edição nº 274
Ver PDF
Disponível para assinantes
Notícias
Sociedade Recreativa
Homenagem a Fernando Sobral: jornalista e escritor
Homenagem a Fernando Sobral: jornalista e escritor
Entre setembro de 2021 e maio de 2022, Fernando Sobral assinou esta rubrica, “Sociedade Recreativa”, que tantos acompanhavam com entusiasmo. O Jornal Económico (JE) teve a honra de ser a última publicação com a qual o jornalista, desaparecido no passado dia 13, colaborou. Fernando Sobral iniciou a carreira no “DN/Jovem” do “Diário de Notícias”, tendo trabalhado em outros órgãos de comunicação social, como o “Semanário”, “O Independente”, o “Jornal de Negócios” e o “Diário Económico”. Foi chefe de redação do “Se7e” e colaborador do “Correio da Manhã”, da “Sábado” e, por último, do JE. Nestas páginas recordamos alguns dos seus textos de opinão, repletos da deliciosa acutilância com que analisava a política e a sociedade. Sem FernandoSobral, o JE ficou mais pobre, o jornalismo ficou mais pobre, o mundo ficou mais pobre. Inteligente, perspicaz, culto, sempre a sorrir, amigo do seu amigo, Fernando Sobral não deixa senão boas memórias. Até sempre camarada. Não te esqueceremos.
5 Sentidos
Lenda da Fórmula 1
Lenda da Fórmula 1
A marca suíça apresenta o novo TAG Heuer Formula 1 Senna, uma edição especial com a cor encarnada original do relógio de Senna, dando continuidade à homenagem ao seu embaixador, Ayrton Senna.
Um estilo refinado
Um estilo refinado
O estilo já o conhecíamos, o design sofreu alterações relevantes, enquanto a motorização a nível de híbrido convencional já nos tinha convencido e, mais recentemente, o modelo passou a ter um híbrido plug-in.
Lisboa é Linda e aqui sabe muito melhor
Lisboa é Linda e aqui sabe muito melhor
Já tínhamos gostado da primeira vez que lá refeiçoámos, ainda antes da pandemia.
Um Chardonnay Caves Velhas Romeira 2018 da subregião de Bucelas
Um Chardonnay Caves Velhas Romeira 2018 da subregião de Bucelas
A subregião de Bucelas, integrada na região vitivinícola mais alargada de Lisboa, é merecidamente conhecida pelos seus distintivos Arintos.
Ensaio
Portugal dança sobre um vulcão  de riscos adormecidos
Portugal dança sobre um vulcão de riscos adormecidos
Boa parte do tempo em que as taxas de juro estiveram extraordinariamente baixas foi perdido em temas colaterais de agenda política, em vez de colocar-se o foco no crescimento económico. Esta espécie de dança é perigosa, porque é feita sobre riscos estruturais.
Atualidade
“Timor-Leste vai ser um ótimo destino para investimentos portugueses”
“Timor-Leste vai ser um ótimo destino para investimentos portugueses”
Sem a sabedoria e persistência da diplomacia portuguesa, não seria eu sozinho que poderia transformar, mobilizar a opinião pública internacional, levar a União Europeia a apoiar e, igualmente, levar os Estados Unidos a mudarem de posição. Não foi Portugal sozinho, mas o papel de Portugal foi absolutamente crucial .
20 anos depois: Quo Vadis Timor-Leste?
20 anos depois: Quo Vadis Timor-Leste?
Volvidas duas décadas desde a independência, apesar dos progressos feitos na melhoria do nível de vida, os níveis de pobreza permanecem elevados. Quais são agora as prioridades, segundo Ramos-Horta, Ana Gomes e Helder da Costa.
Elisabeth Borne:  a engenheira das pontes
Elisabeth Borne: a engenheira das pontes
O que Macron quer da engenheira com especialização em pontes é que seja primeira-ministra com especialização em estabelecer pontes com a nova base de apoio - não vai ser fácil.
Última
Powerme: divulgar campanhas através de power banks
Powerme: divulgar campanhas através de power banks
“A chegada da Powerme à área metropolitana do Porto e à região do Algarve é um passo importante que nos permite atingir, com Lisboa, uma audiência seis vezes superior”