Skip to main content
Ensaio
Notícias
Menos populismo, mas menos força para o euro
Os resultados das eleições para o Parlamento Europeu irão exigir maior disponibilidade para equilibrios entre os partidos tradicionais do centro político, e uma maior resistência a maior integração dentro da União Europeia (UE).
A Europa de Lisboa aos Urais
Os Montes Urais são a fronteira natural entre a Europa e a Ásia. A ocidente a fronteira natural é o Oceano Atlântico e a sul o Mar Mediterrâneo.
Economia, felicidade e sustentabilidade
Desde a Revolução Industrial, e da expansão e consolidação globais do Capitalismo, que o mundo se tem vindo a tornar obcecado com a designada “dimensão económica da vida”.
Agenda para uma “geringonça 2.0”: o desafio da social-democracia radical
Em outubro de 2019 vão realizar-se eleições legislativas. Apesar do resultado eleitoral ser uma incógnita, há boas razões para desejar uma “gerigonça 2.0”.
Será a democracia uma causa perdida?
Dada a pluralidade de democracias existentes, resultantes das sucessivas vagas de democratização (Samuel Huntington, 1993), o que está hoje em causa na agenda da Ciência Política vai muito além do reconhecimento da importância da legitimidade política em termos meramente formais, procurando-se antes aferir.
A espera
A política monetária europeia tem sido marcada por um conjunto de falsas partidas rumo à normalização monetária, e em 2018 parecia que havia novamente indícios fortes de que aquela seria inevitável.
Ver mais
Aguarde