Skip to main content
Capa
Nº 136 | 06 Setembro 2019
Notícias
Atualidade
Joana Gonçalves de Sá - “Fake news” para avançar a ciência
Joana Gonçalves de Sá - “Fake news” para avançar a ciência
Investigação conduzida pela docente da Nova SBE recebeu uma bolsa europeia, no valor de 1,5 milhões de euros. Objetivo: combater a “epidemia” das notícias falsas e alertar para os perigos do mundo online.
Hong Kong - Apenas o primeiro “round” da luta pelo sonho da democracia
Hong Kong - Apenas o primeiro “round” da luta pelo sonho da democracia
Recuo na proposta da lei de extradição que permitiria julgar na China continental vozes incómodas não traz sossego aos ativistas que não param de encher as ruas da região administrativa especial. Outras quatro exigências, incluindo o sufrágio universal, são tão inaceitáveis pelo regime comunista que se aproxima uma hora de clarificação que poderá passar por uma “pax romana” à Pequim.
As universidades não devem ser vistas como “agências de emprego”
As universidades não devem ser vistas como “agências de emprego”
Em sentido preciso, nunca houve universidade no Portugal contemporâneo”, lê-se na página 20 do ensaio publicado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos
Comic Con Portugal - Personagens da cultura pop voltam a sair do papel
Comic Con Portugal - Personagens da cultura pop voltam a sair do papel
Depois de receber mais de 108 mil visitantes em 2018, a Comic Con Portugal volta na quinta-feira ao Passeio Marítimo de Algés cheia de surpresas. Música, cinema e concursos de fatos constam do programa de um evento que contará, entre outros, com a ‘Eleven’ da série “Stranger Things”.
5 Sentidos
Bell & Ross Br05 - Explorador urbano
Bell & Ross Br05 - Explorador urbano
O nosso sonho era fazer parte da grande tradição suíça de relojoaria, ao mesmo tempo que íamos ao encontro dos homens que se defrontam com situações extremas.
Renault Clio - Há um novo ronco no RS Line
Renault Clio - Há um novo ronco no RS Line
Potência, com um som brutal para um pequeno bólide e uma grande presença em palco.
Ensaio
O Estado na investigação
O Estado na investigação
O quase-monopólio de financiamento nacional de que a FCT goza é uma das suas debilidades maiores. Um sistema de financiamento multilateral que lhe retirasse esse monopólio permitir-lhe-ia escolher, à luz de prioridades públicas e claras, os domínios electivos que financiaria, e escusar-se a financiar todos, um pouco.