Skip to main content
Autor
Cátia Miriam Costa
Centro de Estudos Internacionais
Notícias
“América! América!”
Os EUA têm de olhar para os seus vizinhos. Já não com o olhar sobranceiro de quem representa e exporta os direitos humanos, mas como um par que tem as suas contradições internas, as suas vitórias e falhas.
O valor do passado
Numa época em que tanto se discute a memória e o impacto do passado no presente, vale a pena pensar qual o valor que realmente atribuímos ao passado
A reconstrução da paz
A racionalização dos processos de discriminação e perseguição que foram sendo convertidos em lei, mostram como existem armas políticas, muitas vezes toleradas pelas sociedades, para seletivamente controlarem determinados grupos sociais
Moçambique, o fim do paraíso
Viagem por dois livros que têm Moçambique no seu epicentro: em Cabo Delgado o conflito cujas razões urge identificar, na ilha de Moçambique o tempo reparador que ajuda a refletir.
O fim do sonho americano
O sonho americano desvaneceu-se, mas as suas contradições e promessas ainda agitam o mundo que segue atentamente o que ali se passa. Essa capacidade de liderança ainda faz dos EUA uma superpotência. Todavia, uma superpotência cujas contradições são cada vez mais visíveis.
Tempos únicos
Tempos únicos exigem que não se façam juízos de valor precipitados e ainda menos que nos deixemos levar por populismos fáceis que nos fazem acreditar que a China é um gigante incontestado interna e externamente e que a Europa tombou totalmente sobre o seu próprio peso.
Ver mais
Aguarde