Skip to main content
Autor
Paulo Cardoso do Amaral
Professor da Católica-Lisbon
Notícias
Vem aí o MiCA, mas não chega
“A solução não passa pela custódia de informação nenhuma, nem pela responsabilização à antiga por parte da regulação, mas sim na garantia de execução dos direitos, de acordo com as regras e a lei, pelos próprios reguladores.”
Mas afinal o que é isso da blockchain?
A blockchain é um sistema distribuído e tem como vantagem não depender de nenhuma entidade em particular, garantindo, no entanto, a execução e a auto-execução das transacções para todos os membros do ecossistema.
Enriquecer à conta da ‘virtude’ maquiavélica... de Maquiavel
Ler “O Príncipe” de Maquiavel começa por ser uma lição sobre a relação entre virtude e liderança. O que terá dado origem ao adjectivo “maquiavélico”? É no estudo da aplicação detalhada do conceito de virtude que encontramos esta sublime contradição – bem como o seu valor incomensurável para os negócios – razão pela qual vale a pena estudar, debater e aplicar a virtude de Maquiavel.
Afinal as criptomoedas vieram mesmo para ficar
O Banco Central do Reino Unido anunciou há pouco tempo a sua Britcoin; o Banco Central Europeu está a preparar o Euro Digital, e, na China, o Yuan digital já é uma realidade. Será que as CBDC vão reduzir o interesse nas outras criptomoedas?
A Bitcoin tem de ser muito mais que um meio de pagamento
Vai ser muito mais interessante quando a lei suportar a desmaterialização da informação tal como o fez com as assinaturas digitais. São assinaturas criptográficas, tal e qual como toda a informação codificada numa Blockchain. Não há que temer a palavra “cripto” porque afinal já estamos hoje rodeados de cripto-coisas.
A tokenização de activos e o direito de propriedade
Ouvir juristas dizer que vão “esperar que a tecnologia evolua e depois logo se vê”, ou regular como se o mundo não pudesse mudar é a melhor garantia de que não vai mesmo mudar. Defendo o contrário. É altura de discutir o que tem de ser discutido.
Ver mais
Aguarde