Skip to main content
Autor
João Palma Ferreira
Editor
jferreira@jornaleconomico.pt
Notícias
Negócio com o GES deu para comprar Torre Bela
O empresário Avelino Carvalho conta ao JE como comprou ao Duque de Lafões os primeiros terrenos da Torre Bela, no final dos anos 80, com o produto da venda de 38 hectares ao Grupo Espírito Santo. Diz que o remanescente deu para comprar a Santarena.
Parvalorem acusada de “especular” em leilões
Veículo público que detém ativos do BPN tem licitado em leilões de imóveis de empresas com dívidas ao fisco, gerando mal estar entre os investidores, que criticam uso de dinheiro público para esse fim.
Ascensão e queda do banco que já nos custou seis mil milhões
Além da utilização do BPN para desviar 9.000 milhões de euros, o custo de nacionalizar e reprivatizar este banco já “queimou” ao Estado mais de seis mil milhões de euros, sem se saber ainda quantos mais serão perdidos no âmbito da Parvalorem.
Parvalorem: imóveis ao abandono e 96% do crédito em contencioso
O JE inicia esta semana um conjunto de trabalhos sobre a carteira da Parvalorem, onde se colocaram os ativos mais problemáticos da falência do BPN, desde a OMNI às propriedades em Porto Santo.
Venda do BPN ainda pode custar 100 milhões
As sociedades PARs – Parvalorem, Parups e Parparticipadas –, foram criadas ligadas ao BPN nacionalizado. Ficaram debaixo do BPN nacionalizado e isso serviu basicamente para poder colocar nas PAR alguns ativos e ter uma gestão mais agilizada dos ativos que ficaram lá.
TAP sofre prejuízo recorde de 1,2 mil milhões em 2020
Pandemia levou a uma descida de 72% no número de passageiros transportados. Prejuízo compara com perda de 95,6 milhões em 2019.
Ver mais
Aguarde